Torna-se necessário alterar, modificar e melhorar a sociedade. É preciso renovar opiniões e ideias. Pois vivemos em constante mudança. É preciso que haja A Revolta das Ideias. Ah e não se esqueçam que os vossos comentários são muito importantes
Quarta-feira, 31 de Outubro de 2007
Internet: Reflexão (II)

 

Retomando o tema Internet decidi falar agora sobre, como espero que a imagem o aponte, chat's, fóruns, tópicos, messengers.

Começando pelo fim, o chamado Messenger, é uma boa forma de falar com os amigos estando eles, e nós, num sitio com internet. Até aqui tudo bem, desde que estejemos a falar com amigos, ou com pessoas conhecidas. O verdadeiro mal, na minha opinião, acontece quando temos que, neste tipo de espaços de conversa, de contrapor ideias ou fazer críticas, com pessoas que não conhecemos pessoalmente.

No messenger nem tanto, mas nos chat's, fóruns e tópicos acontece que existem muitos nick's que pura e simplesmente ninguém lhes pode apontar um dedo de crítica ou poder sequer debater uma opinião contrária.

Nunca vos aconteceu estarem num desses canais de conversação a discutir um tema em que vocês tomam uma posição e surgem, como deve sempre haver, posições contrárias à vossa? O problema é quando cada um começa a explicar a sua posição. É possível que aconteça que vocês estejam 2378500 vezes a responder sempre às mesmas coisas, e chegam a um certo limite e desistam completamente derrotados, pois a pessoa que está do outro lado não está receptiva a aceitar a tua opinião.

A mim já me aconteceu. Em alguns sites ou blog's que frequento existe lá um cantinho para chat ou fórum. E ou existem moderadores presentes com assiduidade, ou aqueles por onde passo tornam-se instantaneamente em ditaturas imperiais. Com 4 ou 5 nick's a se auto-protegerem e a criticarem quem se ousar intrometer na conversa. Sempre que entram, já lá estão alguns pseudo-salazarinhos em perfeita e amena cavaqueira.

A conclusão que tiro é que se na ausência de alguém que os puna devidamente por comportamentos mais incorrectos, esses nick's não se inibem nem um bocadinho, tenho obrigatoriamente que concluir que, na vida real, na mesma situação de ausência fariam o mesmo.

Ou seja, só com penas e punições, é que conseguem respeitar outras pessoas.

Pela internet só falo com quem conheço ou com quem mostra respeito pelos outros navegantes.



publicado por rui_amaral às 10:46
link do post | comentar | favorito

5 comentários:
De Rafeiro Perfumado a 3 de Novembro de 2007 às 10:09
Caro Rui, queres crer que eu gosto dessas situações? Quando me apercebo que do outro lado está uma cavalgadura com palas, que só vê a sua ideia, deixo de lado a defesa da minha opinião e divirto-me a tentar colocar a pessoa em contradição. Eu sei, não é bonito, mas acredita que é um bom exercício para a retórica!

Abraço!


De rui_amaral a 3 de Novembro de 2007 às 11:17
LOL
Acredito e se calhar devia fazer o mesmo também.


Comentar post

eu
Concordo Plenamente
"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar" Helena Vaz da Silva
Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

Ele há coisas...

Solução para a falta de á...

Internet: Reflexão (II)

Internet: Reflexão

Ambiente Musical

Tributo a José Rodrigues ...

Lentamente

Não sei se rie, não sei s...

Quis saber quem sou

Prisões sub-21

arquivos

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Perdidos
Free Web Site Counter
Free Counter
subscrever feeds