Torna-se necessário alterar, modificar e melhorar a sociedade. É preciso renovar opiniões e ideias. Pois vivemos em constante mudança. É preciso que haja A Revolta das Ideias. Ah e não se esqueçam que os vossos comentários são muito importantes
Terça-feira, 15 de Maio de 2007
Miguel Sousa Tavares: e um bocado de lucidez, não?


Numa 3ª feira atrás, num Jornal Nacional (TVI), como sempre o comentador de serviço é Miguel Sousa Tavares, e este quando questionado sobre a nova lei anti-tabaco, este jornalista e opinion-maker, insurgiu-se de tal maneira com ela, e com a Lurdes Baeta também, que pensei que estava a cair o Carmo e a Trindade em pleno estúdio da TVI.
Pois bem, este senhor comentador acha patético e até um atentado à liberdade das pessoas, a proibição de se fumar em cafés, bares, discotecas, hospitais, restaurantes, repartições públicas, etc., pois é-lhe retirado um bem muito precioso e um prazer onde quase se atinge o nirvana, o facto de não se poder fumar num local como um restaurante e até num hospital.
Mesmo aqui, Miguel Sousa Tavares, acha intolerável que numa situaçãograve de doença de um familiar, não seja permitido fumar no hospital, pois os familiares se encontram num nervosismo e stress intensos e não podem descomprimir ali com um cigarrito. Será que os hospitais não têm saídas para o exterior?!
Mas, na minha opinião, o climax destas declarações foi atingido quando interpelado por Lurdes Baeta sobre se acha bem quando os pais vão com os seus filhos ao restaurante, estes sejam obrigados a levar com o fumo do tabaco, Miguel Sousa Tavares defende que as crianças é que deviam lá não estar. Em vez de se proibirem os fumadores é preferível proibir as crianças de entrarem em restaurantes. Sobre estes, gostaria que fosse tomada a mesma medida que em Espanha, ou seja, seriam os proprietarios dos estabelecimentos a decidirem se queriam ou não que se fumasse lá. Porém esta medida está a ter resultados ineficazes.
Em suma, para Miguel Sousa Tavares é inconcebível que se proiba de fumar em certos locais, pois não deve achar que prejudiva a saúde e o bem-estar dos outros.
Ah, e a propósito das crianças nos restaurantes, ainda diz que considera uma falta de civismo e de respeito para com os outros levar os mais novos a jantar fora, pois são muito incomodativos.
Haja paciência para tanta incoerência.


publicado por rui_amaral às 13:53
link do post | comentar | favorito

13 comentários:
De Rui a 17 de Maio de 2007 às 16:06
é de ficar.
ele de vez em quando(?) passa-se...


De Pretazeta a 17 de Maio de 2007 às 15:54
Que anormal!!
Ja nao chegava ele ser ser do fcp e defender akilo com unhas e dentes e agora lá pk ele fuma, nós temos que levar com ele'??
Por acaso nao vi..
Mas ao ler agora fikei um BOCADO chateada...grrrr


De mãe de dois a 25 de Setembro de 2007 às 14:56
É impressão minha ou vi um comentário seu num blog a defender a posição deste senhor no respeita a levar crianças para os restaurantes????


De Namasté a 26 de Junho de 2007 às 21:32
Tem que haver igualdade de direitos, quer para fumadores como não fumadores...
E que raio tem a ver o facto de ele ser do F.C.P .?
Gostava de saber...

Namasté


De Isabel a 27 de Junho de 2007 às 13:12
Pois sou mãe de uma criatura de 3 anos e sou casada com um fumador. Também me incomodam as crinaças nos restaurantes, em especial os pais das crianças que nem tentam fazer um esforço para acalmá-las. Por isso quando levo a minha filha, tento ir mais cedo para sair mais cedo e não incomoda rninguém. AGORA O FUMO? Será que os fumadores se preocupam em minimizar os efeitos do fumo nos outros? O meu marido tenta ter sempre cuidado, em especial se estivermos ao lado de crianças e grávidas. Porque é que na sociedade não impera o bom senso? Agora, quanto ao Sr. Todo Podoros Comentador digo: com o barulho das crianças num local público não há risco de provocar cancro nos outros, enquanto o tabaco tem esse risco acrescido. E segundo me lembro numa dessas revistas de bébés que mães como eu lêem, li algo a respeito de o som e barulho das crinaçs ter um efeito relaxante - já pensaram se por causa do fumo dos outros as crianças deixassem de sair á rua (onde também há fumadores), ao jardim, ao café ou restaurante? A vida lá fora seria só fumo e só silêncio ou asência do riso das crianças dos outros. E mesmo em solteira, sem filhos, sempre adorei ouvir na rua o riso das crianças dos outros - é preferível ao fumo dos outros e relaxa muito mais.


De rui_amaral a 27 de Junho de 2007 às 16:00
Isabel, não podia estar mais de acordo consigo.


De mãe de dois a 25 de Setembro de 2007 às 14:52
Com todo o respeito, mas diz que o seu marido evita fumar ao pé de grávidas e de crianças, então e as restantes pessoas, já não lhes faz mal? Em recintos fechados deveria ser estritamente proibido fumar. Quem quer fumar tem esse direito mas sem prejudicar os outros. Digo isto e sou fumadora.


De Carla do FCP a 27 de Junho de 2007 às 21:27
Eu sou fumadora, a minha opinião é que num hospital, num centro de saude, farmacia, repartições publicas já é proibido fumar há imensos anos e na minha opinião está correcto, no entanto num restaurante, café ou bar acho que não é admissivel proibirem as pessoas de fumarem, até pk eu ainda "sou do tempo" em que incentivavam a fumar através de anuncios televisivos e em revistas e jornais.
Devem sim criarem as condicções para haverem duas areas, fumadores ou não fumadores, penso tb que a nivel economico não será muito bom para os empresários da restauração....devemos respeitar os não fumadores, assim como eles a nós, qt a ser do FCP o Miguel Sousa Tavares, mais uma vez deu a sua opinião sincera e verdadeira do ridiculo que é este pais


De João.Félix.Galizes a 6 de Julho de 2007 às 14:21
Carla, não entendi: Se acha bem q não se fume nos locais q mencionou pq não concorda com a proibição em restaurantes? Será q os não-fumadores terão de ser obrigados a respirar o fumo dos outros!? Será q os pequenos restaurantes têm condições para ter duas áreas? E se um fumador e um não-fumador forem juntos a um restaurante, vai cada um para o respectivo espaço?
E se for proibido fumar nos restaurantes como é q estes vão perder economicamente? Será q os fumadores deixarão de comer!? Ou passariam a ir ao parque das merendas?
Claro q os não-fumadores devem respeitar os fumadores mas isso quer dizer concretamente o q ? Permitir q estes atirem com o fumo para cima daqueles? Em q é q o não-fumo " não emitido por um não-fumador incomoda um fumador? E o contrário, como é q um fumador pode respeitar os outros? Só não fumando perto deles...
Já agora, devemos respeitar a vontade de cada um fumar ou não, embora esse acto não seja saudável, não devemos é obrigar quem quer q seja a fumar, muito menos fumo em 2ª mão (ou pulmão).
Já agora, pelo facto de antes se publicitar o tabaco não devemos agora incorrer no disparate de não corrigir o erro!
Pergunto: pq insistir num gesto q já foi demonstrado ser prejudicial à saúde tanto de fumadores como de não-fumadores ?
Será q os fumadores estão mesmo conscientes dos riscos q correm e q podem causar aos outros?
Deixo aqui estas perguntas para reflexão...
Um abraço.
JFG


De picareta escribante a 9 de Agosto de 2007 às 08:49
Sr. João Felix Galizes (de A-dos-Ruivos ),

Estou a utilizar este meio para entrar em contacto consigo, porque desconheço o seu Mail e sei que
frequenta este Blog (peço desculpa ao anfitrião por esta intromissão).

Para esclarecer esta, e outras questões, poderá aceder ao Blog dedonaferida.blogs.iol.pt ".


De abelhinha a 18 de Agosto de 2007 às 16:58
E proibir este senhor de falar, não?


De artcor a 12 de Novembro de 2007 às 16:59
oxalá esse patego nunca se atreva a fumar num local proibido onde eu esteja.


De Miguel S. Tavares a 27 de Novembro de 2012 às 04:28
Primeiro preciso de saber onde estás para fumar e saber o que me vais fazer. :)


Comentar post

eu
Concordo Plenamente
"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar" Helena Vaz da Silva
Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

Ele há coisas...

Solução para a falta de á...

Internet: Reflexão (II)

Internet: Reflexão

Ambiente Musical

Tributo a José Rodrigues ...

Lentamente

Não sei se rie, não sei s...

Quis saber quem sou

Prisões sub-21

arquivos

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Perdidos
Free Web Site Counter
Free Counter
subscrever feeds