Torna-se necessário alterar, modificar e melhorar a sociedade. É preciso renovar opiniões e ideias. Pois vivemos em constante mudança. É preciso que haja A Revolta das Ideias. Ah e não se esqueçam que os vossos comentários são muito importantes
Sábado, 14 de Julho de 2007
Deus

 

Como devem calcular, encontra uma imagem ou uma foto de Deus foi impossível. Vá-se lá saber o porquê. Das duas, uma, ou Deus é tímido em frente às objectivas, ou não encontrou fotógrafos com qualidade suficiente para fazer um bom trabalho. Esta foi a melhor que encontrei.

Passando para um plano mais sério, falar sobre Deus é um grande desafio, pelo menos para mim. Como uma grande maioria de portugueses tive uma eduação religiosa católica cristã. Frequentei a catequese, e não é uma coisa que tenha problema em assumir, mas agora entendo que em termos de formação fui induzido a acreditar numa história ficcional, que apesar de incentivar as pessoas a ter certos comportamentos, até saudáveis e moralmente aceitáveis, a verdade é que tem tanta validade como outras histórias em que se pode retirar uma moral no fim.

Uma coisa que importa referir e definir é o que entendemos por Deus. Quem é Deus? Ou o que é Deus?

Deus não é um ser com aspecto humano, um velhote de longas barbas, autoritário no seu trono. E que alguns dirão que não tem a mão direita. Esse Deus não existe pois representa uma versão antropomórfica que o Homem necessitou de ter e não hesitou em criar.

Deus, pode ser chamado, e a isso tem chegado a ciência, a explicação para a existência das coisas, a explicação para as coisas que não foram criadas pelos humanos, como por exemplo a água, a terra, o ar. Estes elementos, inteligentes, que existem no nosso universo e que têm uma explicação que reside em Deus.

Deus talvez seja a reunião das quatro forças existentes no universo: a força electromagnética; força da gravidade; força fraca; força forte.

Mas este parte é muito técnica para ser abordada por mim.

Logo, se tudo nos últimos tempos tem apontado para um Deus que não precisa de ajoelhamentos(?), de prostrações, de caminhadas de centenas de quilómetros, de rastejantes caminhos sobre as pedras dos santuários, que façamos jejum à sexta-feira.

Para quê então continuar com este tipo de tradições. Pois se é para acreditar em algo imaginário, prefiro venerar e ouvir novamente histórias, como a branca de neve (lol).

Ah e tal, é o ópio do povo!

Rico ópio, então. Conseguiu dividir ainda mais o ocidente e o oriente. Aquilo que poderia unir os povos, ou seja, uma mesma religião, como factor de união cultural. Não. Cada um decidiu criar a sua religião, com o seu próprio Deus. Mas melhor, conseguiram fazer com que o outro lado fizesse parte dos infiéis. Útil.

Friedrich Nietzsche defendeu e proclamou a morte de Deus.

E agora, mais que nunca, parece mesmo que Deus está prestes a morrer. Portanto o ideal mesmo é começar desde já a enterrá-lo.

Radical?! Talvez, mesmo os que pensam que são razoáveis, de quando em vez, têm rasgos de radicalidade, que podem chocar um pouco.

Mas a maior das aventuras radicais já tem milhares de anos de existência e foi muito bem aceite pela esmagadora maioria.

 

P.S. Podem ler mais sobre este Deus, no livro, A Fórmula de Deus.



publicado por rui_amaral às 11:16
link do post | comentar | favorito

40 comentários:
De césar a 18 de Fevereiro de 2010 às 17:14
Você fala da igreja catolica. é claro, ela acredita em varios "santos" feitos de barro , sua criação foi atravez de enganos de homens e tem até padres por ai tirando a batina pra pular carnaval.
o que vc acha ser imaginario eu também não o vejo...Mas idai o mais importante :eu o sinto e creio nele. pois ele é o DEUS DE IMPOSSIVEIS .
Te pergunto, como sua vida esta, depois que vc escreceu essa mentira e agora? cheia vitorias e glorias ou não? pense nisso ! e venha a se converter a jesus....


De ana a 23 de Agosto de 2010 às 02:47
Na minha opinião vc esta desilundo com a vida é o fato de vc fazer catequese, não quer dizer que vc aprendeu a lição.....olhem pra dentro de si mesmo... o que acontece é que as pessoas perderam o respeito umas pelas outras, esta faltando amor, vivemos num mundo que o ser passou a se o ter, quanto mais eu tenho, mais piso nos outros, estamos cada vez mais individualista.....talvés vc esta reclamando ato-a achando que é o único que tem problema... estas enganado, visite um presidio, um hospital com crianças com câncer... aí veras que na verdade foi vc que esqueceu de Deus.....tem pessoas que tem mais problema do que vc no entanto não culpa um ser.. somos responsáveis por as desordes no mundo, nos criamos o problema... faça caridade com quem preisa, vai se sentir melho e lembre-se o mundo não gira em cima so de vc.....


De Vasco Reyes a 12 de Setembro de 2010 às 16:23
Penso que o maior erro de todos nós é realmente estarmos demasiadamente focados em nós no nosso "eu" e em todos os materialismos que existem.
as religiosidades e rituais, como por exemplo: os baptismos das crianças em bébés; as idas de joelhos até ditos santuários, a adoração de imagens e de bonecos que não passam de isso mesmo, que tem sido instituidos em muitas sociedades, tem danificado infelismente a imagem de Deus, Deus não é um Deus de rituais e de religiosidades, Deus é um Deus de justiça e de amor que derramou a sua vida por cada um de nós na cruz do calvário ( JESUS CRISTO) para que precisamente pudessemos ter uma relação pessoal baseada no amor de DEUS com o próprio Deus que nos criou a sua imagem e semelhança. é muito comum e facil perder-mo-nos no nosso próprio entendimento e deixarmos Deus de lado e quando acontece algo de mais grave agarrar-mo-nos a ele com todas as forças e a verdade é que nesses momentos ele esta la para nos amparar e ajudar, mas em tudo temos de fazer a nossa parte, pois Deus faz sempre a sua parte e ama que façamos o que esta ao nosso alcance com as forças que ele mesmo nos da. nao podemos culpar Deus das coisas mas que nos acontecem muitas vezes, pois se nao o deixarmos entrar nas nossas vidas como poderemos viver o verdadeiro Deus e todo o seu amor e conforto, Deus é um senhor nao obriga ninguem a nada temos de fazer a nossa parte chegarmo-nos a ele porque ele se chaga a nos todos os momentos e quando estamos mal ele anda conosco ao colo, percamos o orgulho e crucifiquemos juntamente com os nossos pecados crucificados em JESUS CRISTO , esse mesmo orgulho , ou seja, o nosso "eu" e vivamos o pleno cristianismo que nao esta issento de problemas e de dificuldades, mas que é o que nos leva a vida eterna em DEUS PAI, é tao bom chegar a casa quando estou mal abrir os meus braços e dizer senhor eu te amo ajuda o meu ser, desabafar e chorar com quem nos conhece na totalidade e onde a sua justiça e de um profundo amor para conosco, aceitemos JESUS CRISTO como nosso salvador e como o unico caminho para se chegar ate DEUS, a aresposta é jesus , se alguem necessitar de algo pode contactar-me para vascoreyes86@gmail.com. DEUS VOS ABENÇOE EM NOME DE JESUS AMÉN***


De Anónimo a 23 de Novembro de 2010 às 05:15
Assim Como o Inferno É REAL . . O Céu Tbm É Real. .

Da MEsMa Forma que existe O Mal. . O Bem Tbm Existe. . E Acredito q este Triunfa Sobre O Mal. .

CREIO Que Meu REDENTOR VIVE. .
E Está A Me guardar, ,



De Manuel Da Silva a 3 de Novembro de 2012 às 20:28
Se quer que lhe diga, carissimo Senhor, nem sei se devo escrever "Deus" ou "deus" (com letra maiusculo ou minuscula). A menos que seja o nome do pai do carpinteiro...
Mas ao que parece, Jesus não tinha avô...
Para mim, "dDeus" não existe a não ser na cabeça de quem acredita nisso. Há que respeitar isso.
Mas para mim... é ponto assente... posso acreditar em OVNI's e ninguém tem nada com isso.
M. Silva


Comentar post

eu
Concordo Plenamente
"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar" Helena Vaz da Silva
Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

Ele há coisas...

Solução para a falta de á...

Internet: Reflexão (II)

Internet: Reflexão

Ambiente Musical

Tributo a José Rodrigues ...

Lentamente

Não sei se rie, não sei s...

Quis saber quem sou

Prisões sub-21

arquivos

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

subscrever feeds